Sem categoria

Solidariedade: Exército da Salvação promove campanha Dia dos Ex-Namorados

Olá meninas, tudo bom? O fim de um relacionamento
amoroso sempre deixa saudades e muitas lágrimas, não é mesmo? E nesta hora
sempre pinta uma dúvida: o que fazer com os presentes e as lembranças que
ficaram deste amor? Jogar no lixo? Fazer uma fogueira? Então meninas, que tal
doar estes objetos?
A ideia criativa faz parte da campanha do Exército
da Salvação Dia dos Ex-Namorados: Que pena que acabou. Mas já que acabou, doe!  Entre as ações, a instituição distribuiu
caixas de papelão – muito fofas por sinal – para que as pessoas possam doar os
pequenos objetos. 
Até o dia 18 de abril, você pode separar todos os
objetos, entrar na fanpage da campanha 
ou pelo telefone (11)
4003-2299 e agendar a data para que os voluntários do Exército da Salvação
retirem as doações na sua casa. Um máximo não?
No verso da caixa tem uma poesia que sintetiza com
muita leveza a magia da paixão e o seu desfecho. Fiz questão de digitar para
vocês!
Ah, o amor
Aquela alegria
que vem sabe-se lá de onde. SMS com apelidos capazes de ruir qualquer
reputação, banhos de mar com cheiro de protetor FPS 50, risadas de piadas de
média graça, mas que no calor da paixão não poderiam ser mais espirituosas.
Viagens, e-mails com promessas de casamento naquela igrejinha no sul da França,
bombons em formatos patéticos, cinema – e as concessões de gêneros de filmes. O
resto do mundo em desfoque.
O fato é que,
em alguns casos, chega um dia em que isso tudo não vai mais tão bem. O bafo ao
acordar, a idiotice demais ou a seriedade demais, as 15 horas se arrumando para
ir à padaria ou a pança que cresce sem se dar conta da metragem de poliéster da
camiseta. Grave ou não, motivo é motivo e cada um tem o seu.
Que razão mais
indiscutível e, ao mesmo tempo, mais evasiva do que “não está mais rolando?”. E
se já não é a coisa mais agradável ter que dar um pé na bunda, levar é menos
ainda. Mas seja como, porque e onde for, uma coisa é certa: terminou, é hora de
esquecer. E, para esquecer, tem que se desfazer de tudo que lembra a pessoa.
Tem que se
despachar o casaco que ficou no armário, o sofá onde se via TV abraçados, o
presente de aniversário, de Natal, de Dias dos Namorados, da Consciência Negra,
do que for.Se lembra o seu ex, tem que cair fora.
Enfim, se um
dia certas coisas simplesmente não servirem mais para você, saiba: para algumas
pessoas, elas não poderiam ser mais úteis.
Que pena que
acabou. Mas já que acabou, doe.

Pois é meninas! Sempre doei os presentes dos meus ex-namorados e querem saber
de uma coisa? Não me arrependo.
Dói muito, é verdade. Colocar objetos que foram
dados com tanto carinho e, que agora não fazem muito sentido na sua vida,
dentro de uma caixa e entregar para outra pessoa, sempre deixa algumas lágrimas
e uma dorzinha no coração. Mas, pelo menos eu sei que aquela blusa ou ursinho hoje fazem parte da vida de pessoas que realmente
precisavam.  Pensem nisto!
Beijossssss
Pin It

Comments

  1. Que iniciativa legal, Flá! Eu mesma doo tudo para o Exército de Salvação. Independente de ser de ex-namorado ou não. Pode ser objetos, roupas, móveis… eles aceitam tudo. E acredito que tudo isso que não tem mais utilidade para gente, ganhe um bom destino. Adorei a campanha!

Speak Your Mind

*