Moda

Anitta, você me representa!

O vestido usado pela cantora Anitta no casamento da atriz Fernanda Souza e do pagodeiro Thiaguinho  –  realizado na última terça-feira, em São Paulo – foi, sem dúvida, um dos grandes destaques dos sites e blogs de celebridades e moda nesta quarta-feira. Quando questionada por jornalistas sobre a marca do vestido, a cantora disse que era um Versace, mas esqueceu de citar que a peça pertencia a uma coleção do estilista para fast fashion Riachuelo. Vejam:

DIAS ESTILOSOS_VESTIDO ANITTA DIAS ESTILOSOS_VESTIDO ANITTA1

Daí eu me pergunto: o que é que tem o vestido ser de uma rede varejista?  E qual o é o problema dele custar R$ 79,90 (internautas descobriram que a peça estava na promoção)? Desde quando roupa cara é sinônimo de bom gosto?  Se fosse assim, tantas celebridades não desfilavam com modelos equivocados em grandes eventos, como Oscar, por exemplo. O vestido, um pretinho básico longo, com fenda e decote generoso não deixou nada a desejar para ocasião.

Eu não compraria esta peça (independente do valor e da assinatura do estilista), já que não gosto deste tipo de decote.  Mas, já usei vestidos de marca fast fashion (recentemente um da coleção da PatBo para C&A) para ir em casamentos e outros eventos e não me arrependo. O que adianta você gastar uma fortuna com vestido e depois não pode repetir em outra festa?  É dinheiro jogado fora!  As pessoas têm mania de relacionar o preço da roupa com bom gosto.

Os valores mudam com o tempo e com o ponto de vista. Quer um exemplo? antigamente usar roupa de costureira era o sinônimo da pobreza. As pessoas tinham vergonha pela peça não ter uma ‘etiqueta de marca’. Hoje em dia, muitos valorizam mais as peças costuradas sob medida, com caimento e tecido apropriado para o corpo. Eu mesma decidi fazer corte e costura para confeccionar as minhas roupas.

O vestido da cantora ganhou um espaço tão (mais tão) grande na mídia que o casamento em si ficou em segundo plano.  Uma pena, não é mesmo?  Acho que a gente precisa dar mais importância ao que realmente importa e não ao preço da roupa de uma convidada. E quer saber: se a Riachuelo souber explorar esta situação, convida a Anitta para ser garota propaganda da marca. Daí vocês vão ver como um vestidinho de R$ 79,99 pode render um contrato repleto de dígitos.

Beijos

Pin It

Speak Your Mind

*